top of page
  • Foto do escritorCH34 Creative

Quem controla a apresentação é o apresentador, e não o slide



Parece algo óbvio, mas é o equívoco mais frequente. Quem nunca assistiu uma apresentação onde o apresentador espera o slide aparecer na tela, para lê-lo e/ou discorrer a respeito?


Essa é uma dica fundamental para você ser um Super-Apresentador: a dinâmica da oratória em conexão aos slides.


Tenha sempre em mente que os slides são um complemento visual da sua apresentação. Para isso, o primeiro e fundamental passo é praticá-la diversas vezes e ter domínio de não só 100% do conteúdo que você apresentará, mas também de todo conteúdo presente nos slides e em que ordem eles aparecerão. Após adquirir toda intimidade com a apresentação construída, é possível apresentar da firma ideal.


Você está no comando da apresentação. Conhecendo cada slide detalhadamente, comece a abordar o conteúdo e, rápida e discretamente, exiba o slide ou animação que também mostre esse conteúdo. E siga com este método por toda oratória. Resumidamente, de forma prática: a ideia aqui é parecer que os slides observam o apresentador e conduzem a tela de acordo.


Principalmente em ocasiões onde você não ficará muito próximo do notebook para mudar os slides, como palcos, por exemplo, é muito interessante você ter consigo um daqueles pequenos controles remotos para apresentações, conectado ao notebook. Clique aqui para ver alguns exemplos desta ferramenta.


O ideal é olhar super pouco para os slides. Lembre-se que eles “estão te acompanhando”, e não o contrário. Ninguém conversa com alguém de costas, e em uma apresentação, você está falando com a audiência. Cabe olhar para os slides (e até apontar com o dedo ou um projetor de laser), quando houver um dado ou uma imagem muito importante, para ser frisada.


Uma das personalidades mais marcantes da história por suas apresentações foi Steve Jobs. Dê uma olhada em um trecho do vídeo abaixo, como referência. Os slides estão conectados ao apresentador, mas ele fala e se porta de forma independente, controlando o evento.



A oratória do momento da apresentação depende única e exclusivamente de você. Mas é muito importante também não se esquecer da qualidade dos slides que te acompanharão. Para isso, a CH34 pode te ajudar.



Há mais de 10 anos trabalhando em projetos de empresas de todos os tamanhos, temos uma experiência interessante para te ajudar em seu desafio. Já baixou nosso e-book gratuito Guia Definitivo das Super-Apresentações? Um material bem bacana que dá dicas de como fazer apresentações que encantam e convencem a audiência. Baixe aqui!


Comentarios


bottom of page