top of page
  • Foto do escritorLuis Piccardi

8 erros comuns em apresentações 🚫



Muita gente não dá o devido valor às apresentações, considerando-as como simples acessórios "obrigatórios" (já que é o costume fazer, precisa fazer também). E por isso, limita-se a abrir o Power Point e preencher os slides com textos para ter a apresentação pronta para combate.


Mas a grande verdade é que vai muito além disso. Apresentações que permitem que vendas ou qualquer outro objetivo em questão seja alcançado, e temos que ficar atentos para não cometer alguns errinhos bem comuns (e que podem colocar tudo a perder). Veja aqui 7 equívocos bem comuns:




Excesso de texto


Temos que admitir, todo mundo peca ou já pecou por isso. Lembre-se sempre: a função dos slides é complementar a apresentação verbal do apresentador, exibindo o que ele não pode fazer com a voz: imagens. É claro que podem (e devem) existir textos, mas a responsabilidade destes é do apresentador, limitando aos slides palavras-chaves, de preferência.


Após "finalizar" a apresentação, nunca se esqueça de fazer uma revisão e analisar, não só em relação aos textos, mas sobre imagens também: cada uma destas informações é fundamental para transmitir a mensagem que você quer? Se a resposta for "não", remova.




Ser repetitivo


O apresentador que regula o impacto que a apresentação vai ter: quando curta e direta, costuma ser bem mais eficaz do que quando excessivamente longa. Mostre que valoriza o tempo que a audiência dedicou a você, transmitindo a mensagem de forma prática, comunicando de forma assertiva e sem enrolação.


A perda da atenção do público é um risco grande que se passa quando existe demora e se foge do foco.



Muita rapidez ao falar


Lembre-se que você está apresentando algo que exige atenção, e não em uma conversa informal com amigos. Muitas vezes devido ao nervosismo, por exemplo, o apresentador acaba se apressando, o que faz com que o público perca pontos importantes.




Comunicação visual fraca


Sim, o design dos slides é muito importante. Lembra? Eles complementam visualmente o apresentador. Por isso, merecem receber bastante atenção, para não comprometerem a apresentação.


Cores fortes demais, pouco contraste, fontes ilegíveis, elementos sobrepostos... gaste o tempo necessário para evitar estes e outros equívocos na comunicação visual.




Monólogo


Muitas vezes, a empolgação ou o nervosismo do apresentador o faz esquecer que está falando com pessoas, e estas podem ter (e provavelmente terão) dúvidas no meio do caminho.


Talvez a melhor opção não seja ser interrompido com perguntas (o que pode gerar perda do foco). Para evitar isso, uma opção seja combinar e alinhar com o público em quais momentos você fará pausas para responder dúvidas.




Não olhar nos olhos


Se você tem uma conexão com o público, suas palavras são ouvidas com mais atenção. Uma forma de obter essa conexão é olhar nos olhos das pessoas. Não foque seu olhar no fundo da sala ou muito menos no chão. Olhe para as pessoas, e de vez em quando fixe o olhar nos olhos de alguém.




Faltar preparação


Não se canse de praticar previamente. Quanto mais preparado você estiver, tendo o conteúdo na ponta da língua, menos nervosismo vai ter e mais autoconfiança vai sentir, resultando em uma clareza na comunicação verbal.




Ficar congelado


Dependendo do nervosismo, preocupar-se com sua postura corporal pode ser um desafio enorme. A maioria das pessoas tende a ficar estático enquanto apresenta. Fuja disso! A linguagem corporal é um outro complemento importante, e deve transparecer leveza. Use-a bastante mas sem exagerar. Sempre tente copiar como você acharia adequada a postura de um apresentador que você estivesse assistindo.




Fala a verdade, quem nunca tropeçou em nenhum desses erros? É super comum, não se preocupe. O importante é estar ciente que devem ser evitados e trabalhar nisso.


A Ch34 pode te ajudar a criar uma Super Apresentação. Estamos a disposição, fale com um especialista e vamos trabalhar juntos.







Comments


bottom of page